Câmara tenta votar DRU, hoje

Líderes partidários tentarão votar, hoje, a proposta que recria a Desvinculação de Receitas da União.
Plenário da Câmara, nesta terça-feira, 07.06.2016. Crédito: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Os líderes partidários vão tentar votar hoje, quarta-feira, 08, em segundo turno, a proposta que recria a Desvinculação de Receitas da União (DRU) – PEC 4/15. Para isso, os deputados precisam aprovar antes a quebra de intervalo necessária entre a votação do texto em primeiro e segundo turnos.

O chefe da Secretaria de Governo, ex-deputado Geddel Vieira Lima, reuniu-se com os líderes partidários cumprindo iniciativa política do governo Temer. O objetivo, além de estreitar as relações entre Planalto e Câmara, também visava expor aos parlamentares o interesse do governo na matéria, em função do que pretende o governo no campo da economia nacional.

Também poderá ser votado hoje, no Plenário da Câmara, o regime de urgência dos projetos sobre a responsabilidade das estatais (PL 4918/16) e sobre regras dos fundos de pensão (PLP 268/16). Se for aprovada a urgência, o mérito do projeto sobre as estatais pode ser votado amanhã.

As informações foram divulgadas pelo deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), ao sair da reunião de líderes partidários.

Já o líder do PSD, deputado Rogério Rosso (DF), disse que os deputados também podem votar hoje a urgência do Projeto de Lei 3792/15, de autoria da deputada Maria do Rosário (PT-RS), que estabelece um sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes vítimas e testemunhas de violência.

Da Redação, com informações da Agência Câmara

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.