Denúncias, eleições 2018 e justiça são os destaques das manchetes da grande imprensa

Edição: Sérgio Botêlho MANCHETES DOS JORNAIS: Manchete e submanchetes do jornal O Globo: Só 15% dos juízes federais abrem mão do auxílio-moradia. No Rio, apenas 6 de 874 magistrados

Edição: Sérgio Botêlho

MANCHETES DOS JORNAIS:

Manchete e submanchetes do jornal O Globo: Só 15% dos juízes federais abrem mão do auxílio-moradia. No Rio, apenas 6 de 874 magistrados do TJ-RJ não recebem o benefício. O cidadão está cansado da ineficiência, inclusive da do Judiciário,’ diz Cármen Lúcia. Levantamento feito pelo GLOBO no site do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revela que, de 2.203 juízes e desembargadores federais, apenas 331 não usufruíram o auxílio-moradia, de R$ 4.377, no pagamento de dezembro. O gasto total do Judiciário com o benefício nesse mês foi de R$ 8,2 milhões. A presidente do STF e do CNJ, ministra Cármen Lúcia, disse ontem que os brasileiros estão cansados da ineficiência, inclusive da do Judiciário. Para especialistas, o pagamento do benefício para quem tem imóvel na cidade em que trabalha pode ferir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) ou o princípio da isonomia entre os poderes/Prefeito cede e faz a abertura da festa. Crivella, porém, não toca na chave dada a Momo. Na cerimônia de entrega da chave da cidade ao Rei Momo, o prefeito Marcelo Crivella, que no ano passado recusou o gesto simbólico de passar o comando do Rio ao dono da folia, não quis segurar o objeto, e delegou a tarefa. Em visita ao Sambódromo, mostrou surpresa ao saber os preços dos ingressos para o desfile das escolas de samba, embora parte da receita fique com o município/Coreias se unem na Olimpíada de Inverno. Cerimônia de abertura tem apelo pela paz. A felicidade dos atletas das Coreias do Sul e do Norte ao desfilarem juntos marcou a abertura da Olimpíada de Inverno, em Pyeong-chang. Eles empunharam a bandeira da Coreia unificada e levaram, lado a lado, a chama olímpica. O líder sul-coreano cumprimentou a irmã de Kim Jong-un e citou no discurso o “ardente desejo” de paz/Comperj vai gerar 5 mil empregos. Empresa chinesa venceu licitação da Petrobras para construção da Unidade de Processamento de Gás Natural no Comperj. Serão gerados cinco mil empregos/Huck considera candidatura, diz FH. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em entrevista, que o apresentador Luciano Huck considera a possibilidade de disputar a Presidência este ano/Brasil culpa Maduro por alta imigração. O alto fluxo de refugiados da Venezuela fez o Brasil reforçar a fronteira. Temer subiu o tom contra Maduro/Editorial1: Com menos verbas, escolas valorizam criatividade. Estratégia, no entanto, não deve servir de pretexto para que prefeitura tire recursos do carnaval, um dos símbolos do Rio e fonte de renda para a cidade/Editorial2: Corrida nuclear de Trump reaviva clima da Guerra Fria. Pedido da Casa Branca ao Congresso para que aprove a ampliação e modernização do arsenal americano gera temores de conflito nuclear.

Manchete e submanchetes do jornal Estado de São Paulo: Huck discute candidatura com políticos e economistas. Apresentador volta das férias e retoma projeto de disputar Planalto; consultados, FHC e Paulo Guedes deram aval. O apresentador da TV Globo Luciano Huck voltou a cogitar sair candidato a presidente da República nas eleições de outubro. Após voltar das férias com a família, anteontem ele jantou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e ontem tomou café da manhã com o economista Paulo Guedes, fundador do banco Pactual. Segundo o Estado apurou, ambos o aconselharam a seguir adiante com o projeto. Em almoço nesta semana, no apartamento de FHC, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Paulo Hartung (MDB-ES) avaliaram, junto com o ex-presidente, que o centro político precisa de mais alternativas além das já colocadas, como a do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Huck também tem consultado Roberto Freire (PPS) e o ex-presidente do BC Armínio Fraga. O apresentador, segundo relatos de seus interlocutores, se mostrou dividido entre o que deseja a “pessoa física” e as obrigações da “pessoa jurídica”/‘Se ele aderir à tese, por que não?’ O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, admitiu a possibilidade de Luciano Huck ser uma opção de candidatura do centro político à Presidência da República/Plenário do STF decidirá sobre prisão de Lula. O ministro Edson Fachin, do STF, negou pedido de liminar do ex-presidente Lula para evitar a prisão até que se esgotem os recursos no caso do triplex no Guarujá. Fachin encaminhou a decisão final do mérito do habeas corpus ao plenário da Corte. Com isso, os ministros poderão rediscutir a prisão após condenação em 2.ª instância. Lula alega no pedido que, embora o plenário do STF tenha decidido permitir a execução antecipada da pena, não a proclamou obrigatória/Reforma do setor elétrico dá vantagem a empresas. Projeto de lei sobre a reforma do setor elétrico dá acesso ao mercado livre de energia a empresas de menor porte, onde poderão negociar diretamente com geradoras e reduzir custos. Hoje, apenas grandes consumidores podem negociar sem a intermediação das distribuidoras. O texto ainda prevê maior rigor para subsídios. Nada muda para clientes residenciais/SP tem 1º caso local de febre amarela. Um homem de 29 anos contraiu febre amarela ao frequentar lugar perto do Parque Estadual da Cantareira, na zona norte de São Paulo. É o primeiro caso de infecção na capital. A contaminação, no entanto, permanece silvestre. Quatro parques foram fechados/Irmão de Dirceu é preso após recurso/João Domingos: A Lei da Ficha Limpa permite candidatura sub judice. A novela envolvendo o ex-presidente Lula apenas começou/Adriana Fernandes. Planalto não sabe o que fazer com insatisfação dos aliados após suspensão da concessão de empréstimos da Caixa/Editorial1: Previdência e democracia. Poder Legislativo tem diante de si uma enorme oportunidade de reverter a imagem negativa que tem perante a opinião pública/Editorial2: A sociedade está atenta Crítica a juiz envolvido na Lava Jato não representa “enfraquecimento” da operação/Editorial3: O ensino de matemática. Um ano após o sucesso da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – criada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e que contou com 17 milhões de competidores e um número recorde de escolas inscritas – o Brasil entrou para a elite dessa área.

Manchete e submanchetes do jornal Folha de São Paulo:  Fachin nega habeas corpus de Lula e caso vai ao plenário do STF. Petista tenta evitar prisão após condenação em 2a instância e pode gerar novo debate sobre a questão na corte suprema. O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, negou o pedido de habeas corpus feito pelo ex-presidente Lula e decidiu encaminhá-lo ao plenário da corte. A defesa do petista quer evitar eventual prisão após a condenação no caso do triplex de Guarujá (SP). A decisão de Fachin pode gerar a rediscussão pelo STF das prisões após condenação em segunda instância. Segundo Fachin, o colegiado adequado para analisar o caso ê o plenário do Supremo, e não a segunda turma —como a defesa de Lula havia pedido. Ele argumenta que os ministros precisam chegar a um consenso. O ministro afirma que o tribunal decidiu em caráter provisório sobre prisão após julgamento em segunda instância em 2016, ao analisar duas ações sob a relatoria do ministro Marco Aurélio. Para os advogados de Lula, um novo julgamento pode lhe ser favorável. Eles têm a expectativa de que Gilmar Mendes mude seu voto. Em 24 de janeiro, o petista foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção no Tribunal Regional Federal da 4a Região, corte de segunda instância. Caberá à presidente do STF, Cármen Lúcia, marcar o julgamento. Não há data para que isso ocorra/FHC encoraja Huck a se candidatar, mas faz ressalvas. Em encontro com Luciano Huck, o ex-presidente FHC encorajou o apresentador a se candidatar ao Planalto , mas elencou questões que ele terá de enfrentar caso entre na disputa. Uma delas ê que o meio político o verá como uma “candidatura da Globo”, o que poderia ser explorado negativamente pelos adversários/Estado nordestino tem disparada de homicídios no ano. Dez anos após lançar um programa, o Pacto pela Vida, com a meta de reduzir assassinatos, Pernambuco fechou 2017 com disparada nesse tipo de crime. Foram 5.427 homicídios, alta de 21% em relação a 2016. O governo Paulo Câmara (PSB) afirma que houve melhora em indicadores de violência na segunda metade do ano passado/Alta do gás pode antecipar reajuste do Bolsa Família. A disparada no preço do gás em 2017 levou o presidente Michel Temer a considerar a antecipação, para março, do reajuste do Bolsa Família. Inicialmente, o benefício social teria elevação só em julho. A possibilidade foi discutida em reunião com a equipe econômica. O programa deverá ter reajuste acima da inflação oficial, de 2,07% no ano passado/Punições devem refletir gravidade de cada crime. Para o Ministério Público Federal no PR, réu por crime de corrupção deve ser condenado a 30 anos de prisão: o parâmetro deve ser condenado a pena do homicídio “porque a corrupção de valores altos mata”. Mas matar é mais grave que pagar ou receber propina. Nem figurativamente o desvio de recursos se compara ao assassinato/Editorial1: Deveres na saúde. Supremo decide que planos precisam compensar o SUS por serviços a seus segurados/Editorial2: Jogo de empurra. Há sensação de improviso nas ações voltadas para garantir a segurança no Carnaval.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.