Presidente do Conselho de Ética mantém depoimento de Delcídio

Delcídio terá mesmo de se explicar junto ao Conselho de Ética do Senado Federal.

O presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA), indeferiu ontem, segunda-feira (25), o pedido dos advogados do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) para que o depoimento dele fosse adiado. A oitiva está agendada para terça-feira (26), às 14h30.

João Alberto ressaltou que se Delcídio não comparecer será a quarta vez que ele deixará de ir ao Conselho apresentar sua versão. Acrescentou que a data de 26 de abril foi solicitada pelos próprios advogados de defesa. Além disso, foi oferecida a Delcídio a possibilidade de ele ser ouvido via conferência remota ou por um grupo de senadores que iria até ele.

Caso o senador Delcídio do Amaral não deponha, o relator do processo, Telmário Mota (PDT-RR), sinalizou que deverá dispensar esse pronunciamento e considerar como encerrada a fase probatória do processo.

Agência Senado

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.